D&D Campaign Adventures for Mythic Odysseys of Theros - Available now @ Dungeon Masters Guild
DUNGEONS AND DRAGONSAproveite as ofertas de DnD traduzido na Amazon Brasil!

Libertadores de Phandelver – 4 anos de aventuras!

Saudações aventureiros!

Esse artigo é um update desse artigo (link) da mesa dos Libertadores de Phandelver dos #CavaleirosInsones. Já são quase 4 anos de jogos, alguns jogadores saíram, outros entraram, tivemos um pico de 12 jogadores, e uma baixa de 7, e atualmente estamos com 9 jogadores – e seus personagens – tentando salvar Faerûm de um plano maligno de dominação e caos de uma entidade outrora destruída, mas que procura ressurgir com a ajuda de personagens importantes.

Claro que teremos alguns “spoilers”, mas nada que comprometa a surpresa dos jogadores com a trama (são coisas que já foram ditas para eles), mas que o visitante desse singelo blog por utilizar como ideia para seus próprios jogos.

1ª TEMPORADA – AS MINAS DE PHANDELVER

In Game: Alguns mercenários e aventureiros de ocasião foram contratados por um anão para levar suprimentos para uma vila há poucos dias de viagem de Neverwinter. O que os aventureiros não sabiam que se envolveriam com um clã de goblinóides, bandidos facínoras que subjugavam a pequena vila, mortos-vivos, uma vila devastada protegida por um dragão, e uma trama que levava ao sequestro e obtenção de um local mágico. Transpostos todos esses desafios, os aventureiros se uniriam em um único nome: Libertadores de Phandelver, aclamados heróis da região.

Out Game: Ainda na finada Empório Fantástico, reuni um grupo diverso de jogadores (experientes e iniciantes) para jogar o Starter Set do novo Dungeons and Dragons, caixa que tinha poucos meses de lançada. Até então, eu estava experimentando as regras, o jogar, e ansioso pelo mix de jogadores, com faixa etárias diversas (o mais novo com 16 e o mais velho com 35 anos) e gêneros diversos. Foram 5 níveis divertidos, fugindo algumas vezes do roteiro, e com a entrada e saída de alguns jogadores por motivo de horários e dias (tínhamos que ir ajustando conforme dava para jogar). Conseguimos concluir a aventura na loja, e posteriormente passar para a próxima temporada. O planejamento da aventura foi em 2014, mas somente em 2015 que começamos. A temporada encerrou em agosto/2015.

2ª TEMPORADA – AVENTURAS POR NEVERWINTER

Mapa da região 01In Game: Os aventureiros decidiram se estabilizar como um grupo, e como tinham livrado uma pequena vila a poucas da maior cidade da região, Neverwinter, decidiram instalar seu QG nas ruínas de Thundertree. Mas logo o chamado para a aventura fluiria na vida desse vasto grupo, onde a descoberta de uma artefato, e embate com uma facção inimiga (Os Ashmadai) e as tramas políticas e regionais fariam que eles vissem o quão é difícil administrar uma vila, principalmente quando esta vila está no centro de tramas sinistras e alheias a eles…

Out Game: Nessa temporada, jogamos exclusivamente no Covil dos Insones (minha humilde residência). Alternamos horários conforme a agenda do DM e dos jogadores, tivemos a redução de jogadores no início, depois uma nova inflada, e desde então, estabilizamos os jogadores em 7. Jogávamos pelas manhãs de sábado, depois nas noites de quinta. Os jogadores terminaram essa temporada no 7º nível, em março/2016.

3ª TEMPORADA – AS PROFUNDEZAS DE UNDERMOUNTAIN

In Game: novas alianças e missões apareceram para os aventureiros. Caminhos foram divididos, inimigos por todos os lados, e uma vila vulnerável fizeram que o grupo aceitasse um suposto pedido de ajuda vindo de um dos Lordes Ocultos de Waterdeep. A trama se desenvolveu na maior masmorra de Faerüm: Undermountain, com a aquisição de novos amigos e inimigos, descobertas sobre ameaças além do conhecimento deles, e uma revelação: que existiam itens poderosos ao alcance do grupo: um em Thundertree, e outro nas mãos deles. O que será que aguardava os aventureiros após serem reveladas sobre os artefatos Imaskarcanas?

Out Game: Undermountain era um suplemento para Forgotten Realms que eu tenho há mais de 15 anos (comprei em 2002-03, não lembro bem) e desde então estava guardado, esperando para ser usado. E finalmente usei com minhas cobaias meus jogadores. E como eles sofreram com os desafios que tiveram que se adaptados (O suplemento era para a 2ª edição de D&D, o AD&D), e olha que eles só exploraram cerca de 35% dos mapas… Espero que eles tenham que voltar em breve para essa grande dungeon para completar os outros 65% (ou mais, já que existem outros níveis e níveis…). Essa parte terminou em outubro/2016.

motes

4ª TEMPORADA – EXPLORAÇÃO, HORRORES, MOTES E MORTES

In Game: Muitas perguntas, poucas respostas. Muitos inimigos, pouco potencial de defesa. Com essa premissa, e de posse de 2 dos artefatos mais poderosos do mundo, o grupo decide andar pelo mundo e ir de encontro a pessoa mais capacitada em responder a suas perguntas: o Sábio de Shadowdale. Mas o caminho que poderia ser simples, acabou não sendo: tramas políticas, roubos e sequestros, uma Tumba dos Horrores no caminho, perdidos em alto-mar, um encontro com ilhas flutuantes (motes) após um naufrágio… Tudo isso recompensado com um novo QG, novos amigos, e novos rumos. E quando se achava que tudo estava indo bem quando eles chegaram em Shadowdale, a trama de mistérios aumentaria vertiginosamente.

Out Game: Nessa temporada, dividida em subcapítulos, os aventureiros depois de uma grande pausa em suas carreiras, decidiram explorar o mundo atrás de respostas e definir o sentido do grupo. O bom foi que foi bem railroad, ou seja, o pessoal traçou um plano de exploração, visitou vários lugares, e acabaram saindo da Costa da Espada direto para a Terra dos Vales. Foi um período que teve mais circulação de jogadores, com vários personagens mortos, outros entrando no grupo, e o que o grupo é hoje é reflexo dos jogadores e personagens que ainda estão ativos na mais nova temporada. Esse temporada acabou em julho/2017.

foto

5ª TEMPORADA – GUERRAS

In Game: Shadowdale os aventureiros se viram em um plano de conquista feito pelos Drows de Underdark e seus lacaios. Tudo parecia que era mais um plano de conquista, mas se revelou algo maior. Os aventureiros encontraram um novo artefato Imaskarcana, tiveram que reunir exércitos das regiões vizinhas de Shadowdale (que estava sitiada e sem comunicação com outros Vales), e conversou até com o Rei de Cormyr! Quando estiveram preparados, enfrentaram uma batalha gigante, contra vários exércitos, e conseguiram retirar o cerco à Torre Retorcida e libertar os habitantes cativos. A Terra dos Vales seria grata aos Libertadores por anos! Voltando à Waterdeep, os aventureiros descobrem um plano sobre reunião de exércitos ao norte, onde navios estavam levando itens de guerra, e um outro artefato. Com todas essas dicas perdidas, e peças de um grande quebra-cabeças soltas, o grupo decide fazer uma missão suicida: descer aos Infernos para resgatar a única pessoa que poderia ajudar a montar todas as pistas em algo coeso.

Out Game: essa foi a penúltima antepenúltima temporada do grupo. Como a temporada anterior, essa temporada foi dividida em vários subcapítulos, e teve uma circulação maior de jogadores, com alguns saindo e outros entrando. Atualmente, a configuração de jogadores se mateve (somente com a saída de poucos membros, mas a volta de outros). Foi uma temporada que testei as regras de Combate em Massa da Wizards (fiz vários apontamentos, e quero futuramente colocar aqui no blog minha adaptação dessas regras). Com a decisão dos jogadores em ir atrás de Elminster nos Infernos, a próxima temporada seria a última, mas tive que “renovar contrato” e partir para mais uma temporada. O grupo terminou essa temporada em outubro/2018.

6ª TEMPORADA – RUMO AOS INFERNOS

In Game: Os aventureiros treinaram com Storm Silverhand, e se prepararam bem para descer aos infernos. Tiveram um guia (um diabo) que desejava sair dos infernos, e aparentou ser bem “acessível”, e com isso, os Libertadores exploraram Avernus (o primeiro nível). Tiveram a adição de novos aliados, e a perda de outros dois, por complicações da dimensão e de decisões políticas de poderosos. Se aliaram a um Lorde em ascensão, fizeram da arquiduquesa uma “aliada”, e enfrentaram uma dungeon que separou o grupo: a Torre de Ossos.

Out game: essa temporada foi bem especial pois teve uma parte que foi jogada (Avernus e Nessus), e os outros níveis cada jogador fez uma “historinha” do que aconteceu com seus personagens. Essas histórias foram colocadas aqui no blog por nome “Uma Jornada aos Infernos” (Parte 1, 2, 3, 4 e 5). Quis que os jogadores tivessem uma imersão no cenário em forma de pesquisa, e também incentivei com que a veia criativa deles aflorassem. Foi uma experiencia bem interessante. Essa temporada terminou em junho/2019 e foi a penúltima.

nessus

7ª TEMPORADA – IMPEDINDO O CAOS

In Game: Com o resgate de Elminster, o grupo agora terá que juntar todas as informações reunidas nesse tempo todo, e esperar que Elminster tenha uma boa história para contar sobre quem está por trás de acontecimentos recentes: dominação dos arcanos mais poderosos do mundo, o que está acontecendo dentro da Floresta de Neverwinter, e mais, vingar seus amigos que foram obliterados nos Motes por forças ainda desconhecidas.

Out Game: os aventureiros estão no 17º nível, e agora, partirão para o tudo ou nada! Claro que, não de forma suicida, pois eles são a última chance de Faerûm se alvar. O grupo já sabe que boa parte do mundo está contra eles (por algum motivo), e que existem seres quase divinos por trás dessa trama toda. Será que eles conseguirão? Essa será a última temporada, e talvez a mais demorada.


As aventuras dos Libertadores não acabam por aí! Conforme essa temporada avança, iremos atualizar a história deles por aqui. Se desejar, acompanhe-nos nas nossas redes sociais:

E rolem dados!

 

 

Create Your Own Eberron D&D Adventures @ Dungeon Masters Guild